Home Economia Portugueses procuram formas de ser mais produtivos em teletrabalho

Portugueses procuram formas de ser mais produtivos em teletrabalho

Portugueses procuram formas de ser mais produtivos em teletrabalho

O teletrabalho obrigatório retornou e, para muitos portugueses, esta não foi a melhor notícia. A procura por alternativas e formas de garantir uma melhor produtividade durante o confinamento é, por isso fulcral. Venha conhecer algumas estratégias que os portugueses estão a adotar.

Trabalhar a partir de casa pode ser o sonho de muitas pessoas. Ainda assim, para quem está habituado a uma rotina de trabalho fora de casa, estar longe do escritório e com um ambiente de trabalho caseiro pode ser um elemento distrativo e que reduz a produtividade.

A falta de um espaço especificamente dedicado ao trabalho, a permanência em casa de outros elementos do agregado familiar, a mudança nas rotinas e a ansiedade provocada pelas circunstâncias atuais são alguns dos fatores que podem impactar de forma bastante negativa na forma como os portugueses gerem a sua atividade profissional.

Perante o sentimento de perda de produtividade, muitos portugueses estão a procurar estratégias para se manterem focados no trabalho e conseguirem resultados equivalentes aos que teriam num dia passado nos seus escritórios.

Estas estratégias relacionam-se com os mais distintos aspetos que promovem a melhoria da experiência de trabalho, incluindo a promoção de ritmos mais saudáveis, a introdução de suplementos que combatam o stress e a ansiedade ou melhorem o funcionamento do organismo, a reestruturação das divisões para as tornar mais adequadas à realização das tarefas ou mesmo a criação de listas e tabelas de trabalho.

Conheça algumas das estratégias específicas que os portugueses estão a adotar.

Introdução de suplementos para reduzir o stress

Sem dúvida que um dos maiores desafios do teletrabalho é conseguir, num ambiente doméstico, encontrar a disposição para trabalhar. Isto ainda se torna mais complexo nas circunstâncias atuais, que tanto remetem para sentimentos de stress ou ansiedade.

Uma vez que a ansiedade é inimiga da produtividade, muitos portugueses estão a procurar alternativas naturais para combater esta emoção negativa.
Para muitas pessoas, o consumo de infusões (como valeriana ou camomila) ajuda no processo. Ainda assim, outras pessoas estão a procurar alternativas como gotas ou drageias em locais como farmácias online ou a loja da Nordic Oil em Portugal.

Reorganização e criação de espaços domésticos de trabalho

Para que o trabalho em casa seja mais produtivo, muitos portugueses também estão a preparar e equipar melhor os seus espaços de trabalho no seu lar.

A procura por cadeiras de trabalho, que permitam uma melhor postura e a criação de ambientes melhor iluminados, com recurso a luzes brancas e mais fortes são algumas das modificações que muitos portugueses estão a fazer nas suas casas.

A criação de uma rotina diferente

A ausência de um horário fixo de trabalho torna difícil a criação de uma gestão saudável entre a vida pessoal e laboral. Ao trabalharem em casa, os limites entre estas torna-se ainda mais esbatido e, como tal, muitos portugueses estão a criar, por si mesmos, horários de trabalho e de tempo pessoal, para garantir uma gestão mais equilibrada.

Ter uma rotina estipulada, com horários similares (ou distintos mas igualmente rígidos) para trabalhar é muito importante para garantir a produtividade do trabalho.