Home Sociedade Agricultores de Almeirim entre os que podem perder 30 milhões de euros

Agricultores de Almeirim entre os que podem perder 30 milhões de euros

Agricultores de Almeirim entre os que podem perder 30 milhões de euros

Gonçalo Escudeiro, da direção da Federação Nacional das Organizações de Produtores de Frutas e Hortícolas (FNOP) e da Torriba, organização de produtores hortofrutícolas, afirmou à agência Lusa que a queda anormal de chuva numa altura em que ainda decorre a colheita deixou os terrenos saturados, impedindo o normal decorrer da campanha.

“Estamos muito preocupados. Num ano já difícil em termos agrícolas, com uma primavera fria e chuvosa, em que foi preciso muito profissionalismo da parte dos produtores, estamos com 30% da produção de tomate no chão e sem sabermos se aguenta até as máquinas poderem entrar nos campos para a colheita”, afirmou.

Gonçalo Escudeiro afirmou que estão por colher mais de 4.000 hectares de um total de cerca de 17.400 hectares plantados, o que deixa preocupados não só os produtores mas também as indústrias transformadoras que já têm compromissos assumidos.

“São mais de 30 milhões de euros que estão no chão”, disse, sublinhando a importância de ter sido possível conseguir a cobertura destas situações pelos seguros, embora ainda nem todos os produtores tenham aderido.

Gonçalo Escudeiro sublinhou o impacto para a economia da região e para as agroindústrias, tanto pela perda de tomate (85% da produção faz-se no Ribatejo), como do pimento, com uma estimativa de 50% de perdas.

O dirigente da FNOP e da Torriba adiantou que a diretora regional da Agricultura visitou os campos na quarta-feira, verificando a “situação difícil” gerada pelas chuvas que se têm sentido na região desde o passado dia 6.