Home Sociedade Vinhos do Tejo premiados no estrangeiro

Vinhos do Tejo premiados no estrangeiro

Vinhos do Tejo premiados no estrangeiro

Os vinhos da região do Tejo atingiram um resultado recorde no Concurso Mundial de Bruxelas, um dos mais prestigiados a nível internacional e que premiou cerca de 300 vinhos portugueses.

Das 39 medalhas ganhas pelos vinhos certificados pela Comissão Vitivinícola da Região do Tejo (CVR Tejo), 2 foram de grande ouro, 10 de ouro e 27 de prata.

Ao todo foram 18 os produtores distinguidos neste concurso, composto por um júri internacional de especialistas do setor, muitos deles provenientes de mercados estratégicos para a região vitivinícola do Tejo, como é o caso dos EUA, Brasil, Rússia ou China.

De destacar as duas medalhas de grande ouro ganhas pelos produtores Vale do Armo, com o vinho Vale do Armo Reserva 2011, e pela Sociedade Agro Alimentar da Mascata, com o Quinta do Côro Reserva 2012.

“Estamos muito satisfeitos com estes resultados. Vencemos mais do dobro das medalhas que tínhamos ganho em 2013 neste concurso, o que só mostra o reconhecimento que os nossos vinhos têm tido internacionalmente, o que, por sua vez, se tem vindo a refletir nos nossos resultados de exportação”, afirma João Silvestre, Diretor-Geral da CVR Tejo.

Também no International Wine Challenge, os produtores do Tejo foram bem sucedidos, arrecadando, um total de 29 de medalhas, 6 de prata e 23 de bronze, mais 7 do que as que tinham conquistado em 2013.

Para além das medalhas de prata e bronze ganhas pelos produtores do Tejo, foram, ainda, 26 os vinhos da região que foram distinguidos com commended.